Quem sou eu?

Descobre mais sobre a fundadora de Hurbanity e sobre a criação da empresa social.
Melanie Lutz sempre teve o espírito de uma construtora. Esse estado de espírito lhe permite passar de uma ideia ou uma convicção a uma realização.

« Supera você mesmo e superará o mundo. » – Gautama Buddha.

Tatuada em seu braço, essa citação é uma inspiração para sua vida. Seguindo a essa filosofia, ela sempre teve como objetivo seu projeto de adolescência: trabalhar em prol da ajuda humanitária.

Se comprometer para asentar o futuro de hombre e mulheres

Supervisora da obra em Suíça durante 5 anos

Mestre de obras durante 5 anos em uma de las principales construtoras em Suíça, Mélanie Lutz desenvolveu suas competências na construção de edifícios comerciais e residenciais. Notavelmente, trabalhou para um grande banco suíço em um complexo de 5 prédios, entre eles 3 históricos, com um total de 25000m2 no centro de Genebra. Trabalhando em um ambiente predominantemente masculino, ela aprendeu a gerir equipes e colaborar com diferentes setores da área de construção.

Engenheira civil cooperante em Nicarágua durante 2 anos

Enquanto trabalhava como supervisora da obra, ela se manteve atenta com relação a seu desejo de apoiar uma ONG Suíça, Eirene, que organiza intercâmbios com seus parceiros locais. Ela concretizou seu sonho durante o ano 2016 chegando a trabalhar com a associação Roncalli Juan XXIII em Nicarágua. Essa associação permite que famílias economicamente desfavorecidas tenham acesso a uma habitação digna. Em Nicarágua, acompanhou engenheiros civis e supervisores para melhorar o acompanhamento da obra e a qualidade das construções.

Um novo diploma e uma viagem de 7 meses na América Latina

Mélanie pode observar o dia-a-dia de famílias que lutam para ter uma habitação digna e, nesse contexto, refletiu sobre a noção de dignidade. Ela se pergunta se a dignidade é alcançada a com a entrega de uma casa, ou qual é o verdadeiro impacto de uma habitação na evolução de um cidadão.
Sua conclusão é que a dignidade pode ser alargada a outras esferas da vida ademais da habitação. A dignidade existe de acordo com o acesso a oportunidades de vida.
Ela começará uma nova licenciatura em Política e Práticas do desenvolvimento em paralelo a sua missão com a ONG. Para confrontar sua visão de habitação digna com a realidade, ela viaja ao encontro de comunidades na América do Sul durante 7 meses.

Realização do documental “Podemos vivir juntos?”. Sebastian Contreras e Mélanie Lutz entrevistam a Liliany Obando, ex-FARC, e a Daira Quiñones, mãe duma família desplazada do origem de Tumaco. Frente à câmera, se perguntam se poderiam viver juntas. Abril 2019, Colômbia.
Os voluntários do grupo UNICEF-UCA organizam atividades lúdicas com os alunos da escola primária de Nindiri, lembrando-lhes que brincar e divertir-se fazem parte de seus direitos fundamentais, como criança. Agosto 2017, Nicarágua.
Depois realizar atividades de coleta de material escolar, o grupo de UNICEF-UCA distribui novos cadernos, canetas e livros escolares para todos os alunos da escola de primaria de Nindiri. Octubre 2016, Nicarágua.
Mélanie Lutz e uma parte do equipo de construção da associação Roncalli Juan XXIII, o dia da entrega de 20 casas à cooperativa de moradia Manos Amigas na cidade de León. Dezembro 2016, Nicarágua.
Uma entrega de moradia de pura emoção para Margine e sua filha, em Sebaco. Obra Associação Roncalli Juan XXIII. Julho 2017, Nicarágua.
Apresentação do modelo de moradia construída por a associação Roncalli Juan XXIII, e dos materiais de construção aos futuros moradores do projeto habitacional. Organização da comunidade para formar um comité de gestão. Abril 2017, Nicarágua.
Obra Associação Roncalli Juan XXIII em processo… Maio 2017, Nicarágua.
Encontro com os moradores do projeto habitacional Ciudadela MIA, em Quibdo. Maio 2018, Colômbia.
Visita da obra de autoconstrução da cooperativa de moradia Fe e Esperanza. Maio 2018, Guatemala.
Visita da obra de autoconstrução das cooperativas de moradia ACOVIAMET e ACOVICUPA. Febrero 2017, El Salvador.
Defensa de tese de mestrado. Janeiro 2018, Suíça.
Compartilhando uma tarde com a Cristina e suas filhas. Uma família que more numas das 35’000 moradias da favela mais grande do Brasil, Rocinha. Janeiro 2019, Brasil.
Em Lima, a cooperativa de moradia Virgen del Carmen del Quinto patio nunca parou sua luta contra a nova linha do metrô, e conseguiu construir suas moradias. Agosto 2017, Peru.
Viver nos arredores da cidade de Bogotá não é fácil todos os dias. Ainda assim é sempre com um sorisa que essa família luta diariamente para melhorar seu bairro. Junho 2018, Colômbia.
A cooperativa de moradia Fe e Esperanza frente a suas casas. Maio 2018, Guatemala.
Um encontro de grande emoção em Pasto, com essa comunidade de famílias desplazadas, vítimas do conflito armado colombiano. Junho 2018, Colômbia.

Hurbanity, a promoção imobiliária social: um conceito inovativo e completo.

Foi depois desse percurso que Hurbanity nasceu. Sua vocação é ajudar ao Homem, ancorando suas raízes no empreendedorismo social, conservando uma flexibilidade de conceito e involucrando ao atores locais.

Manuela Brasil Cabral

– Arquiteta e Urbanista Universidade Federal do Rio de Janeiro –

A Melanie me foi apresentada pelo professor orientador do meu trabalho final de graduação, o Wagner. Ele acreditava que nossas pesquisas eram semelhantes e que meu trabalho podia contribuir com o dela.
Quando nos encontramos no Rio, numa cafeteria, Melanie já tinha lido sobre minha pesquisa e projeto, e me falou que o trabalho descrevia o conceito da Hurbanity em vários pontos, sobretudo, na idéia de produzir habitações com diversidade social, mais próximas as redes urbanas centrais de comércio, serviços e transporte, e portanto sociedades mais justas.
Me impressionou com quantas pessoas a Melanie já tinha conversado, sua pesquisa foi a fundo em entender nossa realidade, em diversas partes do país.
Fiquei muito feliz de ver a correspondência dos nossos trabalhos e a materialização pelo olhar empenhado e dedicado da Melanie em fazer tudo isso acontecer.

A Hurbanity responde a debates in voga internacionalmente sobre habitação, pois promove a diversidade social e compreende a moradia como célula de desenvolvimento laboral e social do indivíduo. Dessa forma, dialoga diretamente com as necessidades atuais das nossas cidades.

O conceito da Hurbanity aproxima o indivíduo das redes urbanas e promove o contato social deste com a cidade. Além disso, possibilita a busca por terrenos mais centrais, pois se baseia também num plano econômico de desenvolvimento e assim, pensando na realidade brasileira, teríamos menos bairros sazonais (que funcionam exclusivamente durante o dia e se esvaziam durante a noite) e, portanto, mais seguros.

 

Ricardo Del Rosario

– Head office Organization of American States (OAS) –

Para mí Hurbanity es una empresa con corazón de organización social y un llamado de atención a quienes nos dedicamos al mundo humanitario para transitar desde el taller hacia lo concreto. Es una rebeldía que busca derribar muros de indiferencia para construir comunidad. Hoy Melanie Lutz nos hace repensar la sostenibilidad desde lo cotidiano, lo urbano y, sobre todo, desde lo humano.

Patricia Carron

– Program Manager Eirene Suisse –

Mélanie a collaboré deux ans avec notre association Eirene Suisse comme volontaire ingénieure civile auprès de l’association Roncalli Juan IIXXX au Nicaragua. Elle a accompagné brillamment notre partenaire dans sa réflexion pour passer d’un statut d’ONG à celui d’entreprise sociale. En plus de ses compétences en ingénieurie civile, Mélanie a aquis des connaissances poussées en ce qui a trait à l’entrepreunariat social, lors de ses études et sur le terrain. Mélanie est passionnée par les thématiques du logement social et du bien être des personnes. Curieuse, elle est allée à la rencontre de nombreuses communautés qui font face à des problématiques de logement en Amérique latine, afin de mieux connaître leur réalité. C’est une personne fiable, qui tient ses engagements et met toujours tout en action afin d’atteindre les objectifs qu’elle s’est fixé. Infatigable, je suis certaine qu’elle mettra toute son énergie dans la réussite de ses projets et d’Hurbanity.

Antonio Ezequiel Morais

– Membro da coordenação estadual do MNLM (Movimiento Nacional de Luta pela Moradia) –

Ao me encontrar na cidade de Porto Alegre com a representante da hurbanity Melanie conversamos sobre a realidade brasileira sobre acesso a cidade e como cada vez mais se torna insustentável a vida nos grandes centro .
E a importância de arranjos econômicos e sociais para o acesso a moradia se faz nessesario e por isso acredito e tenho quase que certeza que a proposta hurbanity de conciliar uma transição entre a incapacidade de hoje o estado brasileiro de resolver o problema de moradia no Brasil, leva a hurbanity através de parcerias ser o meio real de solução para famílias que não tem como adquirir um imóvel e criando também a aproximação entre as classes sócias em uma real vivencia coletiva .

Laure Vivé

– Field officer chez Mission de vérification des Nations Unies en Colombie –

Hurbanity est avant tout un projet novateur, car c’est une entreprise sociale qui oeuvre pour construire une société plus humaine, en cassant les codes de la ségrégation sociale et en tissant des communautés solidaires et durables. Mélanie, brillante conceptrice d’Hurbanity, qui allie professionnalisme et engagement social, a su s’entourer de partenaires locaux pour mener à bien ce projet. En Colombie ou ailleurs, c’est un outil concret qui apportera sa pierre à l’édifice de la construction d’un paix territoriale, où la déstigmatisation et la réconciliation émergeront progressivement de cette promotion du vivre ensemble.

Entramos em contato, envolva-se.

Juntar-se a uma comunidade Hurbanity, é escolher de aproveitar a oportunidade de melhorar as sua vida diária. É ter acesso à uma moradia digna em um ambiente atencioso, que favorece os intercâmbios e a segurança da vizinhança que convivemos; aproveitando a possibilidade receber uma formação profissional e poder desenvolver a sua própria atividade empresarial para melhorar de uma maneira sustentável suas condições de vida e as de sua família. Mas há também uma outra maneira de envolver-se com a Hurbanity, participando a seu desenvolvimento financeiro.

Sentier des saules, 1205 Genève, Suisse

carrera 5 #26a -47, Bogotá, Colombie

Tél.: +41 78 613.99.56

Os campos com * são obrigatórios.